Viaturas manterão o giroflex aceso para dar sensação de segurança, decide Sesed

As forças de segurança do estado terão novas regras para o uso de seus dispositivos luminosos acesos sem restrições. A normativa foi publicada na edição desta terça-feira (8) do Diário Oficial do Estado.

Os veículos pertencentes à Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED) como carros de polícia e bombeiros, por exemplo, devem estar com os seus dispositivos luminosos acesos sem restrições.

A portaria já está em vigor a partir de hoje, após a publicação no Diário Oficial. Um dos motivos para a decisão ter sido tomada, conforme registrado na portaria, foi que “manter os dispositivos sonoros e luminosos acesos e ligados além de aumentar a visibilidade aumenta a percepção e sensação de segurança pública por parte da sociedade”.

A publicação mostra ainda que “podem ser adotados procedimentos diferenciados” para situações específicas que seja necessário a utilização dos dispositivos luminosos, como por exemplo, cortejos fúnebres.

Normas para uso do Giroflex:

  • Nos deslocamentos em patrulhamento: ligar o dispositivo luminoso da viatura “giroflex”, no período diurno/noturno (durante todo o itinerário);
  • Na permanência nos pontos de estacionamento (ponto base): ligar o dispositivo luminoso da viatura “giroflex”, no período diurno/noturno, com alternância do motor ligado/desligado, para não descarregar a bateria.
  • Durante a abordagem policial: ligar o dispositivo luminoso da viatura “giroflex”, no período diurno/noturno.
  • Nos pontos de bloqueio, barreira policial e/ou blitz: ligar o dispositivo luminoso da viatura “giroflex”, no período diurno/noturno com alternância do motor ligado/desligado, para não descarregar a bateria.
  • Nos deslocamentos em atendimento de ocorrências: ligar o dispositivo luminoso da viatura “giroflex”, no período diurno/noturno (desde o início do deslocamento até a chegada ao local);
  • Nos deslocamento em situação de urgência/emergência: ligar o dispositivo luminoso da viatura “giroflex”, no período diurno/noturno (desde o início do deslocamento até a chegada ao local);
  • No estacionamento da viatura nos locais de ocorrência: ligar o dispositivo luminoso da viatura “giroflex”, no período diurno/noturno, com alternância do motor ligado/desligado, para não descarregar a bateria.

Normas para uso de sirenes:

  • Nos deslocamentos para atendimento de ocorrências policiais: deverá ser acionado no período diurno/noturno, desde que caracterizada a condição de prioridade e/ou for recomendável a sua utilização.
  • Nos deslocamentos para atendimento de situações de socorrimento e/ou atendimento ao público: deverá ser acionado no período diurno/noturno, desde que caracterizada a condição de urgência e/ou emergência e/ou for recomendável a sua utilização.
  • Nos deslocamentos para atendimento de escolta/batedor: deverá ser acionadono período diurno/noturno, desde que caracterizada a condição de prioridade e/ou for recomendável a sua utilização.

Normas para acionamento dos faróis:

  • Nos deslocamentos para patrulhamento: ligar o farol (luz baixa), no período diurno/noturno (durante todo o patrulhamento);
  • Na permanência nos pontos de estacionamento (ponto base): não é necessário ligar o farol;
  • Durante a abordagem policial: ligar o farol (luz baixa/alta), no período diurno/noturno (durante toda a busca pessoal/veicular/domiciliar);
  • Nos pontos de bloqueio, barreira policial e/ou blitz: não é necessário ligar o farol (a viatura deverá estar estacionada de forma lateralizada em pontos estratégicos);
  • Nos deslocamento para atendimento de ocorrências: ligar o farol (luz baixa), no período diurno/noturno (do início até a chegada ao local);
  • Nos deslocamento em situação de urgência/emergência: ligar o farol (luz alta), no período diurno/noturno (do início até a chegada ao local);
  • No estacionamento da viatura nos locais de ocorrência: não é necessário ligar o farol.

Deixe uma resposta