No RN, abastecimento de combustíveis deve ser normalizado até segunda-feira (4), diz Sindipostos

Após greve de caminhoneiros, gasolina já é encontrada nos postos de Natal, mas outros produtos ainda estão em falta em parte dos estabelecimentos.

 

Com o fim dos bloqueios realizados por caminhoneiros em rodovias federais e estaduais do Rio Grande do Norte, nesta quarta-feira (30), postos voltaram a receber combustíveis e disponibilizar à venda. De acordo com o sindicato que representa os donos dos estabelecimentos, a situação deve ficar totalmente normalizada até a próxima segunda-feira (4).

Durante a greve dos caminhoneiros, que durou cerca de 10 dias, o abastecimento de várias cidades do estado ficou crítico. Faltou combustível em postos de pelo menos sete cidades e na região metropolitana, motoristas formaram filas nos postos que ainda contavam com o produto.

De acordo com a entidade que representa os donos de postos, ao longo do período, apenas 80 caminhões chegaram à capital, quando, em circunstâncias normais, cerca de 110 caminhões saem diariamente de Guamaré, a 140 quilômetros de Natal, com destino à região metropolitana.

Consumidores ainda têm dificuldade para encontrar diesel, etanol e gás nos postos de combustíveis de Natal  (Foto: Flávio Muniz/Inter TV Cabugi)

Consumidores ainda têm dificuldade para encontrar diesel, etanol e gás nos postos de combustíveis de Natal (Foto: Flávio Muniz/Inter TV Cabugi)

Na tarde desta quinta-feira (31), a reportagem da Inter TV Cabugi visitou 17 postos de combustível em Natal. A maioria tinha gasolina para vender, mas um não. Já o diesel estava em falta em mais da metade dos estabelecimentos. O etanol também ainda está em falta e só foi encontrado em dois postos. Por sua vez, o gás natural só foi encontrado em três.

De acordo com o Sindipostos, os postos de Natal já receberam gasolina e diesel do tipo S500. A previsão é que o etanol comece a chegar nesta sexta-feira (1º) e a situação deve estar totalmente normalizada até a segunda (4).

Nas Zonas Sul e Leste da capital potiguar, o preço do litro da gasolina não varia muito. Em média, o litro custa R$ 4,59. Já na Zona Norte, o produto está mais em conta e varia de R$ 4,39 a R$ 4,49.

Postos de Natal voltam a ser abastecidos após greve de caminhoneiros (Foto: Flávio Muniz/Inter TV Cabugi)
Via: https://g1.globo.com

Deixe uma resposta