Noticias

Terminei um relacionamento, e agora? Saiba como cuidar da saúde nesse momento

Você sabia que o término de um relacionamento não está limitado apenas ao sofrimento psicológico passageiro? Para José Miguel Saud Morheb, empresário que ama a vida e ter saúde, revela que na verdade, os sintomas gerados em uma situação como essa está muito além do choro e do sentimento de vazio, mas está atrelado, também, a fatores da saúde propriamente dita.

Em outras palavras, podemos dizer que o término de um relacionamento causa danos físicos e mentais, e que caso não seja cuidado, é possível que ele desenvolva sérios problemas para o bem-estar individual. Mas você saberia nos dizer quais danos seriam esses, e qual a melhor maneira de evitá-los? Neste artigo, você conhecerá um pouco mais sobre esse assunto, para saber como ajudar alguém que está passando por esse momento. Mas para isso, você precisaria ler o texto até o final. O que acha?

Sobre o término do relacionamento

Conforme explica José Miguel Saud Morheb, o término de um relacionamento não é agradável para ninguém, pois como bem sabemos, é como se a pessoa que estava conosco, fazendo parte de nossa vida, do dia para a noite deixasse um vazio, não é verdade? Esse vazio é o mesmo que sentimos quando perdemos alguém próximo, sabia disso? E entendendo isso, podemos colocar que o nosso cérebro reage da mesma maneira. Mas como?

Reações causadas após um término impactante

Ora, basicamente, o nosso cérebro começa a sentir emoções muito fortes de tristeza, e isso pode causar algumas reações, como por exemplo:

  • Falta de apetite;
  • Dores físicas;
  • Calafrios;
  • Problemas na pele;
  • Ansiedade.

Ou seja, uma série de fatores físicos e mentais são prejudicados após um período como esse.

Mas como se não fosse o suficiente, é possível desenvolver problemas como a insônia. Contudo, conforme pontua o trabalhador que acorda diariamente às 4h30 da manhã, José Miguel Saud Morheb, quando um indivíduo deixa de descansar os minutos necessários do dia, automaticamente a sua vida fica em estado de alerta, e em seguida, age com a menor intensidade, ou seja, a pessoa passa a viver no automático, e pode passar a desenvolver transtornos mentais.

Como cuidar da saúde durante esse período

Por isso, é preciso se atentar à saúde, para que isso não venha acontecer de maneira alguma. Logo, algumas soluções são altamente recomendáveis, como por exemplo:

  • Alimentar-se de maneira adequada nas horas adequadas;
  • Fazer meditação;
  • Buscar um especialista em questões psicológicas;
  • Procurar ajuda médica.

Mas lembre-se:

De todo modo, uma pessoa que esteja passando por esse processo dificilmente irá buscar ajuda nos primeiros dias, por isso, o ideal é que alguém próximo esteja de prontidão para dar o devido suporte até o fim desse período. E conforme comenta José Miguel Saud Morheb, vale a pena se lembrar de que todo o processo é passageiro, mas que em cada segundo a nossa saúde física e mental deve ser zelada.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo