Tecnologia

Médico brasileiro que perdeu esposa em acidente na África diz que se sente destruído: ‘Não sei como será meu amanhã’

Charles Sá segue internado e aguarda ‘audiência preliminar sob vigilância das autoridades policiais, por se tratar de um estrangeiro’.

No comentário, o médico ainda agradeceu pelas orações e “boas energias” enviadas por amigos.

Segundo a Embaixada Brasileira em Windhoek, capital do país africano, Charles Sá, segue hospitalizado na cidade de Otjiwarongo e não pode ser considerado preso.

“Ele não está encarcerado e nem condenado. Está apenas aguardando sua audiência preliminar sob vigilância das autoridades policiais, por se tratar de um estrangeiro”, disse a embaixada em nota, no último sábado (22).

O acidente ocorreu na última terça-feira (18), com a colisão frontal entre dois carros em uma rodovia entre as cidades de Otjiwarongo e Otavi, na Namíbia. Charles conduzia um dos veículos e teria provocado o acidente por conta de uma ultrapassagem.

A embaixada reforçou que o brasileiro “ainda não é réu” e que “ainda não há processo judicial formalizado contra ele”.

“A audiência provavelmente será nesta semana, a depender da condição médica dele. Ele não corre risco de vida, mas ainda possui necessidade de acompanhamento médico”, destaca a nota.

Charles Sá está internado em um hospital na cidade de Otjiwarongo. Segundo a embaixada, foi identificada uma fratura em uma vértebra e “ele não poderá se mover muito e precisa de acompanhamento médico constante”.

O brasileiro pretendia cruzar países da África fazendo um safari expedicionário somente com sua esposa, sem guias. A mulher de Charles, a cirurgiã plástica Natale Gontijo, estava no carro com ele e foi uma das nove vítimas do acidente.

Ainda de acordo com a embaixada, o corpo de Natale foi recebido na capital Windhoek na sexta-feira (21) e passou por perícia médica. “Ainda não se tem previsão do prazo para liberação do corpo”, diz a nota.

Natale era mineira, tinha residência com o marido no Rio de Janeiro e trabalhava atualmente em Verona, na Itália. O casal também possuía clínicas em Natal e em Belo Horizonte.

Charles e Natale se conheceram durante o curso de cirurgia plástica e estavam casados há mais de 20 anos.

O Ministério das Relações Exteriores, em nota, informou que acompanha o caso desde que foi notificado a respeito, na manhã do dia 19 de junho. “A Embaixada determinou o deslocamento imediato de funcionário do posto para a cidade de Otjiwarongo, perto de onde ocorreu o acidente. A Embaixada permanece em contato permanente com as autoridades locais e com os familiares dos brasileiros, a fim de prestar a assistência consular devida de forma mais eficiente”.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo