Noticias

Centro de máquinas agrícolas chinesas é inaugurado no interior do RN

Para melhorar a produção de alimentos saudáveis e promover qualidade de vida ao trabalhador rural, o Consórcio Nordeste e o governo do Rio Grande do Norte lançaram, nesta sexta-feira (2), o centro de testagem das máquinas chinesas, na Comunidade Baixa Fechada, no município de Apodi. O ato, que conta com o ministro do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, Paulo Teixeira, e o embaixador da China no Brasil, Zhu Qingqiao, formaliza a chegada de mais de 30 máquinas doadas ao Brasil. Onze delas serão entregues ao o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) no RN, Paraíba, Maranhão e Ceará, onde serão realizadas testagens de eficiência das máquinas, nos diferentes tipos de solos e sistemas produtivos.

“Hoje é a concretização de um sonho! Graças a muito diálogo, a muito trabalho e muito esforço, estamos aqui hoje para tornar a cidade de Apodi a capital da mecanização da agricultura familiar!”, comentou a governadora Fátima Bezerra, durante a solenidade.

Os equipamentos serão utilizados por pequenos produtores agrícolas pelo período mínimo de um ano, beneficiando cerca de 150 famílias. A iniciativa e encerra a programação da Parceria Brasil-China, evento que envolve seminários e capacitações voltadas para a modernização da agricultura familiar. O centro foi criado a partir de uma parceria entre governo estadual, Consórcio Nordeste, Universidade Agrícola da China (UAC), Instituto Internacional Para Cooperação Popular (IAPC – BAOBAB) e indústrias chinesas.

O evento teve presença de uma comitiva chinesa. O grupo é formado por pesquisadores e empresários da área de implementos agrícolas. A comitiva está visitando cidades potiguares desde o último dia 25.

Esse intercâmbio busca aprofundar a cooperação entre os dois países no campo da ciência e tecnologia da mecanização da agricultura familiar. Uma das metas da parceria é aumentar a produção potiguar de milho e arroz em pelo menos 20%.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo