Noticias

Saiba as principais diferenças entre MEI e EI

Você já se deparou com as siglas “MEI” e “EI” e se perguntou sobre o que elas significavam? O empresário Haroldo Dalazoana Afonso Durães entende que é importante esclarecer sobre esses dois tipos de empreendimento. Isso porque, ao escolher abrir uma empresa individual, é fundamental que uma pessoa defina em qual desses grupos ela irá atuar. Por isso, para conhecer mais sobre esses dois conceitos e descobrir as suas diferenças, continue a leitura deste artigo!

Começar a empreender pode ser uma tarefa repleta de desafios, não é mesmo? Além de escolher o nicho das atividades, realizar o planejamento financeiro, organizar um plano de negócios e elaborar estratégias para atrair clientes e investidores, é importante esclarecer em qual categoria de empreendimento pretende-se atuar. Nesse sentido, dois grupos que merecem atenção são o Microempreendedor Individual (MEI) e o Empresário Individual (EI). Mas o que eles significam?

O que é o MEI?

Quando se trata do MEI, saiba que está se referindo a um tipo de registro oficial que agrupa os indivíduos que desejam iniciar um negócio sozinhos ou os profissionais que atuam de forma autônoma. Desenvolvido pelo Governo Federal, o principal intuito desse programa é o de reunir esse público, oferecendo benefícios fiscais. Para Haroldo Dalazoana Afonso Durães, esse projeto teve um marco importante para o país.

Quais pessoas se enquadram no MEI?

Nesse contexto, o Microempreendedor Individual é recomendado para as pessoas que atuam de forma informal e que desejam se formalizar participando do mundo empresarial. Através disso, é possível trabalhar de modo formal, alcançando uma autonomia maior, além de sucesso na carreira. Vale ressaltar, que antes de se cadastrar nesse grupo, é importante conhecer as suas características e requisitos.

O que é o EI?

Agora que você entendeu sobre o MEI, é essencial também esclarecer o que é o EI. Sendo a sigla para Empresário Individual, essa categoria foi criada para as pessoas que querem utilizar o seu nome como marca de uma empresa. Isso significa que ela passará a atuar como titular do negócio. Assim, para o público que deseja trabalhar de forma individual em suas próprias empresas, essa é uma opção recomendada. Haroldo Dalazoana Afonso Durães entende que é importante avaliar os detalhes desse grupo.

Quais as diferenças entre o MEI e o EI?

Com essas duas categorias em mente, resta a seguinte questão: quais são as diferenças entre o MEI e o EI? Nesse sentido, saiba que existem diversos detalhes que distinguem esses grupos. Um deles, por exemplo, está relacionado com os faturamentos, já que o limite para cada um deles é diferente. Além disso, existem restrições para o número de funcionários que esses enquadramentos podem reunir.

Enquanto o MEI pode ter apenas um empregado contratado, o EI não possui esse limite. Ademais, os requisitos para abrir esses dois tipos de empreendimentos são diferentes. Vale ressaltar, que os benefícios que essas opções oferecem também são particulares. Assim, é importante avaliar qual delas atende melhor as suas metas e expectativas. Para o renomado empresário Haroldo Dalazoana Afonso Durães, é essencial realizar essa avaliação.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo